O Que é a Bíblia - 1ª parte

A Literatura e a Vida na Época Bíblica

POETAS, OUVINTES E LEITORES





Os autores bíblicos tinham em mira mais o ouvinte que o leitor, e uma considerável parte das cantigas e narrativas das Escrituras Sagradas têm sido transmitidas oralmente antes de tomarem o seu aspecto gráfico. Mesmo na época do Segundo Templo, quando a arte de ler e escrever já era relativamente bem difundida, a literatura oral sempre ocupava lugar de destaque, como nós sabemos pelos ensinamentos orais dos fariseus, que sem dúvida preservaram muitas tradições antigas do povo.

Mas a arte de escrever já era conhecida dos judeus em tempos bem remotos, e relativamente muito cedo já era utilizada para fins literários. Via de regra empregava-se a escrita quando se considerava importante fixar uma coisa para as gerações vindouras: "Vai pois agora, escreve isto numa tábua perante eles, e aponta-o num livro, para que firme até o dia último, para sempre e perpetuamente" (Isaías 30,8). Utilizava-se, outrossim, a escrita quando se dirigia a um destinatário que vivesse longe do autor (literatura epistolar). O termo "sefer", como é notório, designa em hebraico simultaneamente carta e livro.

Mesmo a literatura escrita não era lida para si, senão recitada ou declamada. Pois "queró" em hebraico significa ler em voz alta, chamar. É ilustrativa neste particular, a expressão: "E naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e dentre a escuridão e dentre as trevas verão os olhos dos cegos" (Isaías 18,29). Já no fim do Primeiro Templo, o livro, que tinha forma de um rolo, constituía fator altamente importante na vida popular. As orações dos profetas eram difundidas, feito boletins políticos. As partes históricas da Bíblia e as leis mais antigas do Pentateuco eram usadas como matéria de leitura e de ensino para adultos e, principalmente, para a juventude. Foi só na época do Segundo Templo que os israelitas se tornaram "o povo do livro", e o autor de Eclesiastes já se queixa até de se terem escrito livros demais: "Fazer muitos livros, sem limite". A literatura é produzida pelo escritor, mas também pelo leitor.

Quem foram os escritores e quem foram os ouvintes e leitores no antigo Israel e em Judá? Em que ocasiões cantava o povo? Quem foi que conservou as antigas tradições populares, as lendas e os adágios?

Em que circunstâncias e condições de vida surgira e se desenvolvera a antiga literatura hebréia?


Próximo


Informe seu e-mail para ser avisado(a)
quando esta página for atualizada

Digitado em: 24 de junho de 2001
Última alteração: 24 de junho de 2001
Marcelo Ghelman

Esta página já foi visitada vezes