Tryte
Coleção Judaísmo
Breve História da Literatura Judaica
O MIDRASH

ISAÍAS RAFFALOVITCH

Ao lado do Talmud desenvolveu-se uma outra literatura, que pode ser chamada de expressão poética ou espiritual do pensamento judaico - o Midrash. Este último é uma compilação de exposições homiléticas ou espirituais da Bíblia, penetrando sob a superfície do sentido singelo do texto bíblico. Enquanto o Talmud se dedica principalmente à explicação da letra, o Midrash revela o espírito da palavra e da Lei. Os primeiros vestígios da literatura midráshica podem ser encontrados numa época anterior à conclusão da Bíblia, mas a sua atividade estendeu-se até o décimo ou undécimo século.

Até os nosso dias, o Midrash serviu de tesouro inesgotável aos pregadores e moralistas judeus, ofereceu-lhes uma vasta série de engenhosos e sutis comentários de passagens bíblicas, embelezados com provérbios, parábolas e lendas. O ideal que serve de esteio ao conjunto desta literatura é o aperfeiçoamento da moralidade, o enaltecimento do princípio ético da vida, o apelo para a imaginação e a apresentação do lado espiritual do judaísmo numa forma atraente. Um grande número de obras midráshicas existe ainda hoje e, a despeito da sua antigüidade, goza até agora de grande popularidade, contando inúmeras edições.

Anterior   Topo da página Próxima

  Marcelo Ghelman