Breve História do Povo Judeu

O Advento do Estado de Israel



1947-1948
Os primeiros "rolos do Mar Morto" descobertos e adquiridos pela Universidade Hebraica de Jerusalém.
1948
Proclamação da Independência de Israel, baseada sobre os direitos naturais e históricos e a resolução da ONU. Dr. Chaim Weizman eleito primeiro presidente de Israel.
1948-1949
A Guerra da Libertação. Israel atacada, se defende contra as forças armadas dos sete países árabes.
1949
Estabelecimento do "Knesset" (Parlamento); acordos de armistício assinados por Egito, Líbano, Jordânia e Síria com Israel.
1949
Apesar dos acordos de armistício, os governos árabes recusam-se a assinar acordos de paz e declaram contínua posição beligerante frente a Israel e desejo de aniquilar o jovem Estado.
1950
Israel é recebida como membro da ONU.
1954-1956
Os terroristas Fedayen, enviados pelo Egito, infiltram-se profundamente no território israelense a fim de aterrorizar a sua população.
1956
A operação do Sinai. Forças de defesa de Israel penetram no deserto de Sinai e, em uma semana, destrõem as bases dos Fadayen e rompem o bloqueio egípcio do porto de Eliat, no Mar Vermelho.
1960
Conferência Internacional de Rehovot, dedicada ao tema "A Ciência a Serviço dos Novos Estados", da qual participaram delegados de diversos países, incluindo o Brasil. Começa a funcionar o primeiro reator de pesquisas nucleares para fins pacíficos.
1960-1961
Descobertas em Ein-Guedi as "cartas de Bar-Cochba".


Informe seu e-mail para ser avisado(a)
quando esta página for atualizada

Última alteração: 30 de julho de 1998
Marcelo Ghelman

Este site já foi visitado vezes
desde 28 de abril de 1997